Mestrado Joaçaba

Mestrado Acadêmico em Biociências e Saúde

 

A complexidade da realidade social demanda o estudo e a intervenção em problemas e fenômenos de maneira interdisciplinar, de forma a incidir nas condições de vida das populações. O Programa de Pós-graduação – Mestrado em Biociências e Saúde visa à formação de profissionais com conhecimentos interdisciplinares e com habilidades para investigação científica e produção de conhecimento em biociências e saúde, com condições de atuar na promoção, prevenção, intervenção e gestão da saúde.

O público-alvo é composto por profissionais graduados em Biomedicina, Bioquímica, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social, além de profissionais de outras áreas do conhecimento com interesse científico nas linhas de pesquisa do programa.

  • Formar profissionais com visão crítica, capazes de integrar e interagir com as ciências biológicas e da saúde;
  • Formar pesquisadores com visão holística que utilizem práticas integradoras para a investigação científica em saúde;
  • Desenvolver conhecimento científico inovador e interdisciplinar que contribua para o desenvolvimento regional;
  • Formar docentes para atuação em instituições de ensino superior;
  • Contribuir para o processo de interiorização da pós-graduação stricto sensu no estado de Santa Catarina e no Brasil.

O Programa de Pós-graduação – Mestrado em Biociências e Saúde possui um corpo docente composto por 15 professores que trabalham de forma integrada e interdisciplinar, com intensa produção bibliográfica e técnica, com diversas formações profissionais. Este grupo promove a discussão interdisciplinar sobre novos paradigmas da ciência e da saúde, mediante a integração e articulação das ciências biológicas e da saúde, contribuindo para o avanço da ciência, da tecnologia e para o desenvolvimento regional, com transferência de métodos entre as áreas, geração de novos conhecimentos e formação de recursos humanos com perfil para resolução de problemas de um novo modo.

Os docentes do Programa buscam a integração com instituições e universidades de pesquisa de diversas partes do Brasil, bem como procuram realizar colaborações internacionais, como pode ser observado pelo convênio de cooperação educativa com o Instituto Euro-americano de Educação e Motricidade Humana (IEEMH), que é formado por 32 universidades de 12 países europeus e latino-americanos, além de colaborações científicas com importantes instituições americanas. Já no Brasil destacam-se as colaborações com as universidades federais dos estados do Rio de Janeiro, do Acre, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná, além das universidades estaduais do Pará, de Ponta Grossa e de Santa Catarina, bem como com pesquisadores da Fiocruz e outros.

Biociências e Saúde

Descrição: Essa área de concentração contempla as três linhas de pesquisa do PGBiocS. Abrange o estudo do processo saúde-doença-cuidado a partir da articulação das ciências, abordando as várias dimensões e conexões entre elas, em diferentes níveis de organização. Dada sua especificidade e abrangência, estuda os fatores de determinação de doenças e condições relacionadas. A produção do conhecimento científico ocorre a partir de uma perspectiva reflexiva, pelo uso de abordagens múltiplas e complementares, que vão desde a compreensão dos processos biológicos, até suas repercussões na saúde humana. A complementaridade da abordagem se expressa pela parceria entre pesquisadores nos projetos integradores, nas disciplinas e nos objetos de estudo priorizado, que são suscitados a partir dos problemas relacionados à saúde, que emergem da realidade regional, nacional e internacional.

Suas linhas de pesquisa valorizam as especialidades, as “áreas comuns” existentes entre os componentes curriculares e das distintas profissões da saúde e biológicas, possibilitando a complementação entre elas, visando à proposição de soluções sinérgicas, a partir da visão transversal do problema, contemplando o nível social, comunitário, individual, orgânico e molecular, com suporte da bioética. 

Fatores biológicos no processo saúde-doença

Linhas de pesquisa do grupo:

  • Análises Moleculares e Clínicas de Doenças Genéticas
  • Cineantropometria e genética na performance e na saúde humana
  • Doenças infecciosas e parasitárias do Oeste Catarinense
  • Perfil genotípico de pacientes portadores de doenças não infecciosas humanas da região do meio-oeste catarinense
  • Prognóstico das afecções e das intervenções da região maxilofacial

Diagnóstico e Intervenção na saúde

Linhas de pesquisa do grupo:

  • Atividade Biológica de Substâncias
  • Fatores genéticos associados ao mecanismo de reparo de DNA após exposição a xenobióticos
  • Genômica e proteômica comparativa e bioinformática aplicada a agentes infecciosos e parasitários
  • Marcadores moleculares para diagnóstico de doenças infectoparasitárias humanas
  • Vetores e reservatórios de agentes infectoparasitários de importância na saúde humana

Promoção e Gestão em Saúde

Linhas de pesquisa do grupo:

  • Bioética em Ciências da Saúde
  • Promoção e Gestão em Saúde
  • Saúde Bucal das Populações: diagnóstico, planejamento e ações
  • Saúde Mental e Aspectos Psicossociais em Saúde
  • Trabalho, Ambiente e Saúde

Diagnóstico e intervenção na saúde

Esta grupo de pesquisa busca integrar e aplicar diferentes aspectos de investigação em saúde, como genética, estudo de polimorfismos, epigenética, citologia, histologia, cineantropometria e o estudo das capacidades físicas básicas, no intento de possibilitar a qualificação do diagnóstico e a intervenção sobre doenças ou condições que afetam a saúde e a performance humana de forma individualizada ou coletiva. Com foco de estudo e ações que transcendem o tratamento das doenças, os diferentes saberes aqui construídos possibilitarão o avanço no entendimento do estado saudável e a mudança nas práticas de saúde que apenas uma área do conhecimento não poderia alcançar.

Fatores biológicos no processo saúde-doença

Este grupo de de pesquisa tem como objetivo investigar fatores biológicos envolvidos em doenças infecciosas e parasitárias, bem como avaliar a ação de moléculas bioativas, utilizando para isso ensaios farmacológicos, bioquímicos, imunológicos e microbiológicos, contribuindo para o entendimento interdisciplinar dos fatores biológicos associados ao processo saúde-doença, observando os princípios bioéticos e de biossegurança aplicados à saúde. A integração destes conhecimentos, produzidos a partir da realidade regional, possibilita a compreensão de mecanismos da patogênese, controle, prevenção e tratamento de doenças humanas.

Promoção e gestão em saúde

Visa realizar pesquisas interdisciplinares no âmbito da organização e gestão dos serviços, com foco na promoção da saúde, mobilizando conhecimentos disciplinares para a compreensão ampliada dos fatores condicionantes, determinantes e de vulnerabilidade social na saúde, sob os pressupostos da Bioética, na busca por novos conhecimentos que propiciem melhoria da qualidade de vida. Pretende-se analisar o processo saúde-doença em seus aspectos multicausais, em particular os relacionados à organização e ao funcionamento do sistema e dos serviços de saúde e sua capacidade de resposta aos problemas, para subsidiar o planejamento de ações que levem à promoção da saúde e à prevenção das doenças. Abrange estudos epidemiológicos; análises dos sistemas de saúde; investigação sobre estratégias e modelos de gestão e de planejamento em saúde, com ênfase na gestão em rede de serviços de saúde, nas práticas de trabalho e no acesso da população aos serviços de saúde.

Período
Minímo: 12 meses e máximo: 24 meses
Horários
Quinzenal presencial, às quintas-feiras à noite e às sextas e sábados
Carga horária
360 h/a
Vagas
20
Início das aulas
06 de Março de 2016
Local
Campus Joaçaba
Investimento
36 x de 1.544,68
Mais informações
Matrículas
Encerradas
Coordenação

Coordenador:
Prof. Dr. Jovani Antonio Steffani

Vice-Coordenador(a):

Profa. Drª Vilma Beltrame

Acesse a lista de Ementas e Bibliografias por Disciplinas aqui.

Disciplinas

Créditos 

Horas

Linhas de Pesquisas

Observações

Obrigatórias

Biociências na Saúde

3

45

1,2 e 3

O aluno cursará 9 créditos em disciplinas obrigatórias (135hs)

Abordagem Interdisciplinar na Saúde Humana

3

45

1,2 e 3

Políticas e Gestão em Saúde

3

45

1,2 e 3

Eletivas

Metodologia da Pesquisa

3

45

1,2 e 3

O aluno deverá optar por 9 créditos relacionados a Linha de Pesquisa a que tiver vinculado (135hs)

Bioestatística

3

45

1,2 e 3

Epidemiologia

3

45

1,2 e 3

Bioética e Integridade em Pesquisa

3

45

1,2 e 3

Biossegurança

3

45

1,2 e 3

Tópicos Especiais

3

45

1,2 e 3

Prática de Ensino Superior

1

15

1,2 e 3

Atividades Biológicas de Substâncias

3

45

1

Biologia Celular e Molecular

3

45

1

Doenças Infecciosas e Parasitárias Humanas

3

45

1

Genética Humana

3

45

2

Cineantropometria na Saúde e na Performance Humana

3

45

2

Fisiopatologia e Epidemiologia de Afecções do Complexo Bucomaxilofacial

3

45

2

Atenção Básica e Interdisciplinaridade

3

45

3

Intersetorialidade e Redes na Saúde

3

45

3

Seminários de Dissertação

1

15

1,2 e 3

Educação em Saúde.

3

45

1,2 e 3


Dissertação

 

6

90

1,2 e 3

O aluno cumprirá 6 créditos relativos à Dissertação (90hs)

 

 

 

 

Total de créditos/carga horária (mínimo)

24

 

360

 

Doutor em Ergonomia pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Possui graduação em Fonoaudiologia pela Universidade do Vale do Itajaí, Especialização em Morfofisiologia Humana pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Aperfeiçoamento em Biossegurança pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ - RJ) e, Especialização em Audiologia Clínica pelo Conselho Federal de Fonoaudiologia. Professor Permanente do Programa de Pós Graduação Stricto Sensu em Biociências e Saúde (PGBiocS) no qual desenvolve estudos e pesquisas especialmente na Linha de Pesquisa Promoção e Gestão em Saúde, na área de saúde do trabalhador (Trabalho, Ambiente e Saúde). Na graduação é professor titular da disciplina de Morfofisiologia Humana I e II do curso de Medicina da Universidade do Oeste de Santa Catarina campus de Joaçaba. Membro avaliador do Ministério da Educação e Cultura para cursos de graduação e de instituições de ensino superior INEP/DAES/CGACGIES/SINAES - Nomeado através da Portaria Ministerial MEC N. 1.751, de 27 de outubro de 2006. Perito Judicial Nomeado pelo Tribunal Regional do Trabalho de Santa Catarina - TRT-12. Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisas envolvendo Seres Humanos e da Comissão de Ética no uso Científico de Animais da Universidade do Oeste de Santa Catarina. Coordenador da Comissão de Residência Multiprofissional em Saúde do Hospital Universitário Santa Terezinha. LINHA DE PESQUISA EM QUE ATUA: Promoção e gestão em saúde. PROJETO DE PESQUISA QUE LIDERA: Trabalho, ambiente e saúde Contato: jovani.steffani@unoesc.edu.br

Mais informações

Obs.: A Unoesc reserva-se o direito de substituir qualquer um dos professores sem prévio aviso, em função da disponibilidade ou qualquer outro fator que impeça o professor de ministrar a disciplina.
Voltar
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.