Notícias Xanxerê Ensino

Acadêmicos de Letras produzem propagandas sociais

Por: Ulisses Junior Longhi
junior.longhi@unoesc.edu.br
23 de Novembro de 2015

Apesar de muito discutidos diariamente na mídia, temas sociais merecem reflexão constante. Pensando nisso, os acadêmicos da 6ª fase de Letras, da Unoesc Xanxerê, desenvolveram propagandas sociais. A atividade ocorreu durante o componente curricular de Língua Portuguesa VI, ministrado pelo professor Ulisses Junior Longhi.

As propagandas envolveram diferentes temáticas: abandono de animais, acessibilidade, doenças sexualmente transmissíveis, hipocondria, obesidade e prevenção de acidentes no trânsito. Assim, inicialmente, os acadêmicos estudaram a teoria sobre propaganda social. Depois, reunidos em equipes, planejaram suas campanhas, pensando em aspectos como slogan, objetivos, textos e formas de divulgação.

— Cada equipe ficou responsável em produzir os seus textos de divulgação, considerando a possibilidade de veiculá-los em três diferentes suportes: jornal impresso, rádio e internet — explica o professor.

Com os materiais produzidos, as equipes partiram para a divulgação, inclusive indo além: algumas produziram camisetas, canecas e faixas e todas realizaram panfletagem de folder.

— A propaganda social é muito importante na formação do profissional em Letras, pois, além de exigir a produção de textos para diferentes mídias, possibilita o desenvolvimento da criatividade – elemento fundamental para o futuro professor da área — destaca o professor.

Conhecimento além da sala de aula

Na avaliação da acadêmica Ana Paula Casal, a propaganda social desenvolvida por sua equipe, envolvendo o tema abandono de animais, possibilitou muito aprendizado.

— O contato com pessoas envolvidas diretamente com o tema nos motivou a dar continuidade ao trabalho, percebendo que outras pessoas também apoiam a nossa causa. Evidenciou-se que quando se trabalha em grupo, buscando os mesmos ideais, obtêm-se bons exemplos para toda a sociedade — analisa.

Já para o acadêmico João Carlos Pereira, o aprendizado ao planejar e produzir a propaganda social, que tratou da temática obesidade, foi muito além da sala de aula.

— Ampliamos nossos valores e conceitos, pois buscamos interpretar, analisar, explicar e contextualizar informações que até então eram desconhecidas, mas de grande valia para a produção dos materiais. Aprendemos que a publicidade influencia em nosso comportamento por estar presente diariamente em nossas vidas, mexendo com nosso lado emocional, por meio de suas mensagens e argumentos persuasivos — afirma.

E a acadêmica Vera Lucia Stolarski Catapan pontua que, apesar de na universidade ser possível conhecer muitas teorias, é necessário que o acadêmico coloque em prática tudo o que aprende.

— Com nosso trabalho, envolvendo o tema doenças sexualmente transmissíveis, desenvolvemos métodos de criação próprios, estudamos o comportamento, as classes sociais, a escolaridade e os hábitos de nosso público-alvo, para, assim, criar uma propaganda que surtisse efeito positivo na conscientização para o que a propaganda se propunha — destaca.

É possível visualizar no Youtube algumas das propagandas desenvolvidas pela 6ª fase de Letras, entre elas: “Obesidade o peso da rejeição” e “Prevenção de acidentes no trânsito: uma conscientização pela vida”

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.