Notícias Joaçaba Professor

Professor Rudy é eleito diretor de gestão e planejamento da Rede Euroamericana de Motricidade Humana

Por: Jessica Novello
jessica.novello@unoesc.edu.br
02 de Dezembro de 2015

No período de 11 a 13 de novembro, os pesquisadores e professores da Unoesc, doutor Rudy José Nodari Júnior e Elisabeth Baretta, participaram do 8º Congresso Euroamericano de Motricidade Humana e 12º Congresso Internacional de Atividade Física e Ciências do Desporto, que aconteceram de forma simultânea na Universidade Autônoma de Baixa Califórnia, no México. O evento, promovido pela Rede Euroamericana de Motricidade Humana (REMH), reúne 51 instituições de ensino e pesquisa de 22 países da Europa e América Latina, entre elas a Unoesc.

Na oportunidade, o professor do Mestrado em Biociências e Saúde e do curso de Educação Física da Unoesc Joaçaba, doutor Rudy, ministrou a conferência "Dermatoglifia desde a iniciação esportiva até o treinamento personalizado", e a oficina "Introdução da dermatoglifia". A coordenadora do curso de Educação Física da Unoesc Joaçaba, professora Elisabeth Baretta, também ministrou oficina, abordando a temática "Atividades de lazer e recreação". 

Durante o evento, as instituições participantes da Rede reuniram-se em Assembleia Geral para eleição da nova diretoria, que estará no comando de 2016 a 2019. O professor Rudy, representando a Unoesc, foi eleito na ocasião o diretor de gestão e planejamento da Rede Euroamericana de Motricidade Humana.

— Trata-se de um feito gigantesco para a instituição. Fazer parte da diretoria significa que a Unoesc é uma universidade reconhecida pela competência científica, acadêmica e pedagógica — disse Rudy.

Ao assumir a função, o professor elencou quais serão os seus principais desafios. Para ele, o maior de todos é oportunizar a troca de informações entre os cientistas dos países membros, pois, promover o conhecimento por meio de produções científicas conjuntas são essenciais. Além disso, relatou outro desafio burocrático que pretende alcançar, que é a validação no Brasil dos diplomas de doutorado realizados fora país, que atualmente não são aceitos. 

Por ser uma organização internacional não governamental, a REMH não possui presidente. A diretoria é composta pelo secretário geral, secretário executivo e diretor de gestão e planejamento. No organograma, outros 36 cargos são assumidos pelos membros dos 22 países integrantes da Rede, entre eles o de presidente de honra. As atividades são voluntárias, chanceladas pela Unesco, e os professores fazem parte do programa Ciência sem Fronteiras. 

Galeria de Fotos

Comentários

Voltar Imprimir Notícia
Acesse o site da Unoesc pelo seu celular.