Página inicial O que acontece Acadêmicos de Zootecnia realizam viagem técnica
Graduação Xanxerê

Acadêmicos de Zootecnia realizam viagem técnica

Os acadêmicos da 8ª e 10ª fases do curso de Zootecnia da Unoesc Xanxerê realizaram, no dia 21 de novembro, uma viagem técnica para a cidade de Guarapuava, no estado do Paraná. A região é composta de grandes áreas destinadas à agricultura e pecuária, devido ao seu relevo e solo propício à produção de grãos […]


Os acadêmicos da 8ª e 10ª fases do curso de Zootecnia da Unoesc Xanxerê realizaram, no dia 21 de novembro, uma viagem técnica para a cidade de Guarapuava, no estado do Paraná. A região é composta de grandes áreas destinadas à agricultura e pecuária, devido ao seu relevo e solo propício à produção de grãos e animais para fins de produção de carne.

O primeiro local visitado foi a CooperAliança – Carnes Nobres. Na chegada, os alunos e professores foram recebidos por funcionários da Cooperativa, que realizaram uma breve apresentação da história da indústria, que desde o ano de 1998 atua no mercado de carnes nobres de bovinos e ovinos no estado do Paraná.

A planta industrial visitada teve sua inauguração no ano de 2020 e as liberações como Sistema de Inspeção Federal (SIF) conquistadas no ano de 2021, ou seja, em torno de um ano de funcionamento. A planta tem capacidade para abate de 350 animais por dia.

Os alunos acompanharam todo o processo de abate de ovinos da raça Texel. Também visitaram a parte externa da indústria, onde os animais recém-chegados ficam em descanso até o momento do abate, a área de tratamento de efluentes, dentre outros.

A acadêmica Gabriela Solivo comenta sobre a visita ao frigorífico:

— A visita foi de extrema importância, pois durante todo o trajeto realizado na empresa pude observar vários manejos, vistos em sala de aula, empregados na prática, como por exemplo os cuidados com o bem-estar dos animais pré e pós-abate e o resfriamento das carcaças por 24 horas após abate (rigor mortis) — relatou Gabriela.

Na sequência, os alunos e professores se deslocaram para a Fazenda Capão Redondo, que possui criação de bovinos e ovinos, onde foram recepcionados pelo proprietário, senhor Rodolpho Luiz Werneck Botelho, e o professor Sebastião Brasil, que realiza diversos estudos na propriedade.

No escritório da propriedade, a comitiva conheceu as características da propriedade, como tamanho, área produtiva, combinações a serem plantadas e métodos de produção, tanto de grãos como de animais. Conheceram também algumas áreas da propriedade para avaliar a integração lavoura-pecuária, onde foi possível analisar as variedades de plantas adaptáveis a este sistema de produção.

O acadêmico Daniel Henrique explica a sua visão desta oportunidade de conhecimento:

— O ponto-chave desta experiência foi a busca da aplicação prática dos conhecimentos aprendidos na Graduação e compreender melhor como funciona a realidade de uma indústria e uma propriedade rural e conseguir melhorar toda a cadeia produtiva para todos os envolvidos — finalizou Daniel.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.