Página inicial O que acontece Aproxima+SC alinha fomento para a pesquisa e inovação às demandas regionais
Notícia Inovação Joaçaba

Aproxima+SC alinha fomento para a pesquisa e inovação às demandas regionais


Reforçando o propósito de estreitar laços entre o governo do Estado, empreendedores e instituições acadêmicas, a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) promoveu, nesta quinta-feira (26), a edição do Aproxima+SC em Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense. A iniciativa pretende fortalecer a troca de experiências na área de ciência, tecnologia e inovação, além de alinhar os editais de fomento da fundação às demandas regionais.

Na quinta edição do evento estadual, o presidente da Fapesc, Fábio Wagner Pinto, reforçou a importância da série de encontros para potencializar as oportunidades de parceria.

— Estamos realizando este ciclo de eventos nas universidades do Sistema Acafe, nos Centros de Inovação e também estamos conversando com os empreendedores, mostrando que existem várias fontes de fomento e programas muito grandes que nós estamos lançando — disse o presidente.

A abertura dos trabalhos e a realização das primeiras palestras, incluindo o presidente Fábio e a diretora de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesc, Valesca Tratsk, ocorreram no Polo de Inovação Vale do Rio do Peixe (Inovale), em Joaçaba.

Ainda pela manhã, a comitiva se deslocou para Luzerna, onde visitou a Odeme Dental Research. A empresa desenvolve produtos inovadores para testar e certificar materiais odontológicos. A Odeme tem fortes ligações com a Fapesc, tendo sido contemplada em editais de fomento, entre eles os programas Tecnova I e II. Em 2012, venceu uma das categorias do Prêmio Inovação Catarinense – Professor Caspar Erich Stemmer, organizado pela fundação.

— A Fapesc sempre acreditou no potencial da nossa empresa e sempre incentivou para que desenvolvêssemos novas tecnologias. Hoje pudemos mostrar os nossos resultados, como foi investido o recurso aplicado pela Fapesc, e como isso está fazendo a diferença para os nossos clientes e para o público em geral — afirmou o fundador e CEO, Rafael Patzlaff.

À tarde, de volta ao Inovale, foram realizadas apresentações sobre o polo, sobre os Programas de Pós-Graduação (PPGs) da Unoesc e suas pesquisas e iniciativas. Entre elas, o projeto de descaracterização de mercadorias apreendidas pela Receita Federal, realizado pela Unoesc com apoio da Fapesc. Itens como maços de cigarro, garrafas de vinho e whisky são transformados em álcool gel, vinagre, cosmético, sabonete, compostagem e argamassa. A transformação, embalagem e distribuição é realizada por alunos de diversos cursos da universidade. Em outro momento a Unoesc apresentou as marcas “Unoesc Inova”, e “HUB de Startups”, bem como o projeto da estrutrua que irá abrigar esses ambientes voltados à inovação e ao empreendedorismo.

De acordo com o reitor da Unoesc, Ricardo Antonio De Marco, a realização de eventos como o Aproxima+SC estreita os laços entre as instituições acadêmicas e os órgãos governamentais.

— Nós temos inúmeros programas e projetos que se beneficiam de fomento e, ao mesmo tempo, temos muitas propostas de parcerias a serem feitas com o governo do Estado, por meio da Fapesc, entendendo a importância do apoio à pesquisa — disse o reitor.

O Aproxima+SC é uma realização da Fapesc em parceria com a Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (SCTI), Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) e Plataforma On. Conta com o apoio da Federação das Indústrias do Estado (Fiesc), Instituto Euvaldo Lodi (IEL-SC), Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Federação das Associações Empresariais (Facisc), Federação das Associações de Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores (Fampesc) e Rede Catarinense de Centros de Inovação (RCCI).

O projeto vai percorrer 14 municípios e já passou por Rio do Sul, no Vale do Itajaí; Caçador, no Meio-Oeste; Joinville, no Norte; e Chapecó, no Oeste. Nos próximos meses, outras cidades receberão o evento: Mafra e Jaraguá do Sul, no Norte; Itajaí, Brusque e Blumenau, no Vale do Itajaí; Criciúma e Orleans, no Sul; Lages, na Serra; e Florianópolis.

*Texto: Altair Magagnin Jr / Milena Nandi / Ascom Fapesc.

*Fotos: Ascom Unoesc e Milena Nandi.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.