Página inicial O que acontece Arduino Day reúne pesquisadores da área de tecnologia em Chapecó
Não categorizado Tecnologia Chapecó

Arduino Day reúne pesquisadores da área de tecnologia em Chapecó

Reduzir custos, de modo geral, é sempre bom. E esse é um dos benefícios que promete o sistema modular de produção, com base na simulação de um processo industrial controlado pelo Arduino – uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre, desenvolvida pelos competidores da Olimpíada do Conhecimento Renan Felipe Do Valle e Matheus Bonamigo. […]


Reduzir custos, de modo geral, é sempre bom. E esse é um dos benefícios que promete o sistema modular de produção, com base na simulação de um processo industrial controlado pelo Arduino – uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre, desenvolvida pelos competidores da Olimpíada do Conhecimento Renan Felipe Do Valle e Matheus Bonamigo. Para exemplificar, eles disseram que com a utilização de um controlador lógico programável o custo pode ultrapassar R$ 2.600, enquanto com o uso do Arduino, o valor fica em torno de R$ 300.

No entanto, o sistema ainda não é totalmente aplicável na indústria, pois existem limitações de resistência ao ambiente industrial como por exemplo a exposição à poeira, água, e outras intempéries. “Para se tornar aplicável é necessário desenvolver uma blindagem que possa garantir a preservação da placa”, observaram.

Esse exemplo foi demonstrado entre os nove projetos apresentados no Dia Arduino – uma celebração mundial que comemora os 10 anos de criação do Arduino – uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre. Na Unoesc Chapecó, o evento contou com a presença de representantes do Senai, UFFS, IFSC, XAP Hackerspace e Automação Residencial.

Em todo o mundo, foram 24 horas de eventos oficiais e independentes em qualquer lugar ao redor do mundo, envolvendo pessoas interessadas no assunto e que podem se encontrar, compartilhar suas experiências, e aprender mais a respeito do tema. Em Chapecó, o Arduino Day foi organizado pelos cursos de Sistemas de Informação e de Engenharia da Computação da Unoesc Chapecó.

O coordenador do evento, professor Tiago Zonta, explica que o objetivo do projeto é criar ferramentas que são acessíveis, com baixo custo, flexíveis e fáceis de usar profissionais e iniciantes. Principalmente para aqueles que não teriam alcance aos controladores mais sofisticados e de ferramentas mais complicadas.

A programação do evento contou com apresentação da Anatomia do Arduino Bootloader, com o professor Fábio Olivé; participação da equipe de Robô Coice do IFSC Chapecó; integração de um sistema de manufatura com Arduino, com os representantes do Senai Chapecó Matheus Bonamigo e Renan do Valle; Automação, Hacking e Android com Ricardo da Silva Ogliari da Globalcode. Também foram apresentados projetos desenvolvidos por acadêmicos da região oficina de Arduino básica e intermediária.

Os acadêmicos dos cursos de Sistemas de Informação e Engenharia da Computação também participaram da aula magna do semestre com o especialista em Web, Ricardo da Silva Ogliari. Ele atua no Sistema de Inovação e Tecnologia do Senac São Paulo. É bacharel em Ciência da Computação pela Universidade de Passo Fundo. Ministra treinamentos na Globalcode, além de ser sócio da StillRocker Digita’all. Possui cerca de 230 publicações em palestras, artigos e workshops. Autor do livro “Android: do Básico ao Avançado” e memebro fundador do Things Hacker Team.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.