Página inicial O que acontece Batalha criativa exige criatividade e agilidade dos alunos de Comunicação
Não categorizado Geral Joaçaba

Batalha criativa exige criatividade e agilidade dos alunos de Comunicação

Imagine que você é um publicitário e integra uma equipe que tem menos de 24 horas para desenvolver uma campanha publicitária. Considerou o desafio pouco expressivo? Imagine, então, que para desenvolver essa campanha o único recurso tecnológico que possui é uma câmera fotográfica e que, além da campanha, a equipe ainda tem que se preocupar […]


Imagine que você é um publicitário e integra uma equipe que tem menos de 24 horas para desenvolver uma campanha publicitária. Considerou o desafio pouco expressivo? Imagine, então, que para desenvolver essa campanha o único recurso tecnológico que possui é uma câmera fotográfica e que, além da campanha, a equipe ainda tem que se preocupar com mais de 50 atividades paralelas.

Foi essa a experiência que 98 estudantes do Curso de Comunicação Social da Unoesc Joaçaba vivenciaram no último final de semana, na sede Campestre da Unoesc Joaçaba, localizada no interior de Herval d’Oeste. Entre a noite de sexta-feira e a tarde de sábado, os acadêmicos do curso participaram do Acampar – Batalha Criativa 2014, uma atividade interdisciplinar que misturava desafios típicos do dia-a-dia de um publicitário com adversidades pouco prováveis em provas que atravessam a madrugada.

As provas exigiam conhecimentos gerais e específicos da área da Comunicação. Em cada uma, as equipes – que obrigatoriamente envolviam acadêmicos de todas as fases do curso – foram avaliadas em criatividade, originalidade, agilidade, espírito esportivo, integração e raciocínio lógico e rápido. O objetivo, segundo a coordenação do Curso, era instigar a criatividade e a inovação nos acadêmicos, além de desenvolver as habilidades avaliadas e promover a integração entre os estudantes do Curso. 

O desafio descrito no primeiro parágrafo tratava-se da prova principal: na noite de sexta-feira, as 10 equipes que disputavam a Batalha Criativa receberam dois representantes das Organizações LIMGER e as informações necessárias para desenvolver uma campanha publicitária para a empresa. A campanha deveria ser apresentada no dia seguinte, às 14h. A partir daí, a missão era usar a criatividade, improvisar e administrar a tensão para criar peças como folder, flyer, cartaz, outdoor e jingle e, ao mesmo tempo, ir respondendo a outras provas que eram anunciadas a todo o momento. 

Entre as mais de 50 provas paralelas, os alunos tiveram outras atividades relacionadas com o dia a dia da profissão e também provas diversas, como duelos de funk, um concurso que imitava o "air guitar" – campeonato de “guitarra imaginária” que existe nos Estados Unidos –, prova de tiro ao alvo, organizada com a ajuda do Tiro de Guerra.

– Em termos de aprendizado, é uma atividade muito completa – avalia a coordenadora do Curso, professora Sílvia Simi dos Santos, explicando que durante a Batalha Criativa as equipes trabalham sob a pressão ocasionada por várias dificuldades: pouco tempo para as atividades a desempenhar, precisar de criatividade e improviso para cumpri-las, dificuldade de manter o foco na prova principal devido às outras atividades que precisam ser cumpridas ao mesmo tempo, gerir a equipe e lidar com outras pessoas que também estão em situação de pressão.

O Acampar teve o apoio das Organizações LIMGER e do Tiro de Guerra. Também teve a colaboração de professores da Universidade e de egressos de Comunicação Social, que participaram do julgamento das provas.

Equipes vencedoras

A equipe vencedora era formada Marcos de Oliveira, Ariela de Lima, Thaiany de Oliveira, Alexandre Jardini Penteado, Francisco Riepe Netto Maestri, Giuliano Getassi Gasparetto, Mariana Dalpizzol Dorini, Francielle Carminatti, Manuela Parise e Letícia Maria Friedrich Botegal. A segunda colocada era composta por Juliana Cristina Callai Cevey, Mitchel Angelo Luckner, Eduarda de Oliveira dos Santos, Talita Savaris, Isabela Carolina Correa, Gabriel Fernando Gomes, Ronaldo Carlos Kunzler, Priscila Cassol, Andreara Bedin Bertuol e Leidieli Xavier Bragherolli.

As duas equipes receberam premiação em dinheiro: R$ 2 mil para o primeiro lugar R$ 1 mil para o segundo. 

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.