Página inicial O que acontece Comitê Rio do Peixe realizou seminário na Unoesc Videira
Não categorizado Videira

Comitê Rio do Peixe realizou seminário na Unoesc Videira

Nesta quarta-feira, o Comitê Rio do Peixe e a Unoesc Videira realizaram o IV Seminário de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe. O evento teve duas palestras e um público formado pelos membros do comitê que engloba vários municípios banhados pelo Rio do Peixe, desde Calmon até Piratuba. Também marcaram presença estudantes, […]


Nesta quarta-feira, o Comitê Rio do Peixe e a Unoesc Videira realizaram o IV Seminário de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio do Peixe. O evento teve duas palestras e um público formado pelos membros do comitê que engloba vários municípios banhados pelo Rio do Peixe, desde Calmon até Piratuba. Também marcaram presença estudantes, comunidade em geral, usuários de água  e principalmente, o poder público através da Casan e empresas municipais   responsáveis  pela distribuição e abastecimento de água  em seus municípios.

 A primeira palestra foi ministrada pela dra Andrea R. B.C Lopes e teve como tema Recursos Hídricos e uso da terra na bacia do Rio do Peixe, mapeamento das áreas de vulnerabilidade e risco de contaminação do sistema Aquífero Serra Geral.  Num segundo momento, foi realizado o lançamento da nova logomarca do Comitê Rio do Peixe. O evento foi finalizado com palestra da dra Beate Frank, com a proposta da discussão sobre a Visão Sistêmica  na Gestão.

 O encontro, segundo Ricardo Marcelo de Menezes, presidente  do Comitê  do  Rio do Peixe, foi bastante produtivo e serviu também para apresentação dos resultados  alcançados em 2013 e propor  ações  para  2014.

 — Para este ano,  a principal meta  do comitê é dar início junto à Secretaria  de Desenvolvimento Sustentável de Santa Catarina ao plano de bacia. Esse documento é essencial para  conhecer  as nossas fragilidades  e  necessidades e partir da realidade constatada, e saber que tipo de ações precisam ser  desencadeadas—, respaldou Menezes.

 Ricardo Menezes afirma que o comitê vem trabalhando ainda no sentido de  chegar até a comunidade, buscar maior aproximação e mostrar o papel social que seus membros  vêm desenvolvendo e, dessa forma, buscar maior apoio em toda região de atuação, não somente do poder público, mas de toda  a sociedade.  

 —Sentidos uma sensível melhora, mas precisamos ainda maior engajamento,  principalmente do setor produtivo e poder público para construir metodologia e gestão adequadas às necessidades  de desenvolvimento econômico e social, assim como a preservação desses recursos para futuramente termos água disponível para desenvolver  as  necessidades econômicas e humanas— finalizou.

 

O Comitê

 O Comitê Rio do Peixe foi criado em 2001, atendendo à determinação da Lei Federal nº 9.433, que fundamenta a Política Nacional de Recursos Hídricos. Trata-se de um órgão colegiado com representantes de usuários da água (40% dos integrantes), dos governos municipais, estadual e federal (no máximo 20% dos integrantes) e da sociedade civil organizada (40%).

 Suas funções são deliberativas, sendo suas principais atribuições arbitrar conflitos de usos e usuários; debater a integração das políticas públicas; debater o plano de usos e o estabelecimento de estratégiaspara conservação, recuperação e regulação dos recursos hídricos; definir critérios para a regulação e cobrança da água.

 O Comitê Rio do Peixe tem 50 integrantes, representantes de entidades e usuários de uma região que compreende 27 municípios.

 Em Santa Catarina, há 16 comitês semelhantes ao Comitê Rio do Peixe.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.