Página inicial O que acontece Curso de Agronomia realiza Dia de Campo em Maravilha e São José do Cedro
Não categorizado Geral São José do Cedro Maravilha

Curso de Agronomia realiza Dia de Campo em Maravilha e São José do Cedro

As culturas de verão foram o tema de mais um Dia de Campo realizado pelos Cursos de Agronomia da Unoesc Maravilha e Unoesc São José do Cedro. Em Maravilha, a área experimental do Curso de Agronomia recebeu os estudantes que puderam acompanhar as explanações sobre quatro temas: Manejo fitossanitário da soja, inseticidas e fungicida, com […]


As culturas de verão foram o tema de mais um Dia de Campo realizado pelos Cursos de Agronomia da Unoesc Maravilha e Unoesc São José do Cedro.

Em Maravilha, a área experimental do Curso de Agronomia recebeu os estudantes que puderam acompanhar as explanações sobre quatro temas: Manejo fitossanitário da soja, inseticidas e fungicida, com Lucas Yuri Furlanetto da Empresa Corteva; Uso de organomineral na cultura do milho e soja, com Luiza Borsoi – Terraplant Fertilizantes; Desempenho e manejo cultivares da soja, com Marcos Berlezi – TMG; e Desempenho e manejo cultivares de milho com Luiz Carlos Padilha Machado da Empresa Sempre Sementes.

Em São José do Cedro, o “Dia de campo de culturas de verão” foi promovido e idealizado pelo professor André Sordi e faz parte das atividades do Curso de Agronomia. O evento foi realizado na área experimental da Fazenda Escola do Curso. Cerca de 100 pessoas prestigiaram as atividades, entre estudantes, professores, empresas parceiras e comunidade em geral.

Durante a explanação, foram desenvolvidas quatro estações. Na estação 1, a empresa Sempre Sementes abordou sobre os híbridos disponíveis no mercado para grãos e silagem. Na estação 2, a Empresa Volpassa: Agricultura Sustentável, explicou sobre a composição dos organominerais, formas de aplicação e resultados a campo. Na estação 3, o professor André Sordi abordou sobre o manejo da cultura do milho. Na estação 4, o professor Jonas Marcelo Ramon explicou sobre o manejo de pomares, com foco em doenças. Nessa estação, os participantes acompanharam a elaboração de calda bordalesa para aplicação em pomares.

O organizador do evento, professor André Sordi, celebra a parceria mútua entre empresas participantes, estudantes e Unoesc que estabelece um compromisso da instituição perante a comunidade.

— O evento foi importante e estratégico; nosso objetivo foi realizar um primeiro evento para estabelecer contato e observar pontos negativos e positivos. Futuramente serão realizados outros eventos de maior proporção, para atender a toda comunidade acadêmica e regional — enfatiza Sordi.

O estudante da 7ª fase, Rodrigo Soares Antunes, destaca que, por mais que a região Oeste de Santa Catarina seja predominantemente agrícola, ainda há necessidade de importação de grãos no Estado, devido à alta demanda e uma produção que não supre o consumo.

— Foram discutidas situações e estratégias para melhorar o rendimento. Sobre a soja foram levantadas informações a respeito das pragas, ervas daninha e doenças foliares, como seu devido manejo em cada ocasião. Além disso, foi discutida a cultura do milho; hoje temos o principal problema com cigarrinhas, uma praga que está afetando nosso manejo. Também foi discutido sobre organomineral, que melhora o aproveitamento dos macronutrientes NPK no solo, condicionando e evitando principalmente a perda de matéria orgânica — salienta Antunes.

O dia de campo vai além da sala aula e traz informações didáticas e práticas. O estudante, Ruan Carlos Assolini Crestani, comenta a participação na atividade.

— A atividade possibilitou desenvolver e aprender mais sobre técnicas e manejos na cultura do milho, ou seja, técnicas vistas em sala de aula, mas quando vistas a campo abrem um leque maior sobre o assunto. Também no evento contamos com a presença de duas empresas: uma de híbridos de milho e outra sobre fertilizantes orgânicos, ambas trouxeram assuntos importantes que estão presentes em nosso dia a dia na agricultura, bem como manejos e práticas de conservação de solo e manejos culturais do milho. Além das empresas, contamos com professores auxiliando e trazendo temas sobre fruticultura. Mesmo não sendo minha aptidão, pude compreender e gostar mais do assunto — complementa Crestani.

Já a estudante Maria Eduarda Tonello lembrou a importância destas ações.

— O evento foi muito interessante; os profissionais presentes trouxeram várias novidades e informações, tanto para as turmas do Curso de Agronomia, quanto para as de Veterinária e demais pessoas que participaram desse dia de campo. Espero ansiosamente os próximos — finaliza Maria Eduarda.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.