Página inicial O que acontece Curso de Psicologia desenvolve oficinas de manejo da ansiedade em escolas de Videira
Não categorizado Videira

Curso de Psicologia desenvolve oficinas de manejo da ansiedade em escolas de Videira

Entre os meses de junho a agosto, acadêmicos de Psicologia da Unoesc de Videira realizaram oficinas de manejo da ansiedade nas escolas municipais de Videira. A atividade foi desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Videira, por meio da colaboração dos acadêmicos do curso na realização do Plano de Desenvolvimento da Educação […]


Entre os meses de junho a agosto, acadêmicos de Psicologia da Unoesc de Videira realizaram oficinas de manejo da ansiedade nas escolas municipais de Videira. A atividade foi desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde de Videira, por meio da colaboração dos acadêmicos do curso na realização do Plano de Desenvolvimento da Educação – PDE, em que o município realiza diversificadas atividades multiprofissionais e interdisciplinares, visando à formação e elaboração de políticas em saúde para estudantes.

As ações foram realizadas com alunos do sexto ao nono ano em diversas escolas de Videira, beneficiando aproximadamente 1400 crianças e adolescentes. Durante as atividades, os acadêmicos conduziram práticas psicoeducativas por meio de explicações de fácil entendimento do que é a ansiedade, além de instrumentalizar os alunos com técnicas simples de identificação e manejo da ansiedade.

Além disso, no mês de julho, o curso de Psicologia, realizou palestra sobre Saúde Mental e Estilo de Vida, nas dependências da Unoesc, para profissionais da Saúde, Educação, e para pais dos alunos, visando aperfeiçoar informações sobre saúde mental nas práticas diárias.

De acordo com o professor Adriano Schlosser, coordenador do curso de Psicologia, o alcance dessa oficina na vida das crianças e adolescentes é inestimável, visto que, atualmente, a ansiedade é considerada o sofrimento psicológico mais comum no cotidiano, sendo um fator de risco principalmente na infância e adolescência.

— São pessoas em faixas etárias que ainda não possuem estratégias para lidar de forma saudável com os sintomas. Por isso, é preciso ensinar a reconhecer e agir frente às emoções e sentimentos de modo adequado e assertivo, para não nos tornarmos reféns de nós mesmos – finaliza.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.