Página inicial O que acontece Estudantes de Medicina compartilham experiências vividas durante intercâmbio em Miami
International Não categorizado Notícia

Estudantes de Medicina compartilham experiências vividas durante intercâmbio em Miami


Por aproximadamente seis meses, as estudantes do curso de Medicina Sarah Camboim, Sophia Wames e Julia Almeida Oliveira puderam aprimorar conhecimentos, ter contato com outra cultura, aprender um novo idioma e conhecer outro país, por meio de um intercâmbio realizado em Miami. A oportunidade foi oferecida por meio da Coordenadoria Geral de Relações Internacionais (CGRI) da Unoesc.

Na Universidade de Miami, elas tiveram aulas sobre assuntos médicos variados e realizaram atividades no Jackson Memorial Hospital, onde tiveram a opção de escolher um rodízio diferente por mês entre diversas especialidades, como por exemplo: Pneumologia, Cardiologia, Clínica Médica, Nefrologia, Radiologia, Unidade de Queimados, Reumatologia, Endocrinologia e Diabetes, Gastroenterologia, Hepatologia, Unidade de Terapia Intensiva de Trauma, Unidade de Terapia Intensiva Coronariana e Cirurgia Cardiotorácica.

Sarah conta que teve a oportunidade de ser presidente do comitê de organização, cujas funções eram convidar e agendar profissionais médicos para palestrar semanalmente nas aulas, delegar e supervisionar atividades dos outros membros do comitê e auxiliar os outros alunos do programa a solucionar problemas técnicos ou dúvidas em geral, o que, segundo ela, agregou muito aprendizado.

— O que mais gostei foi a confiança e responsabilidades delegadas a mim como parte integral do time médico e não apenas uma observadora/visitante. Nos estágios, em cada especialidade, eu ficava responsável por dois a quatro pacientes por vez, e era esperado que eu realizasse uma avaliação clínica (anamnese e exame físico), avaliação de exames, desenvolvesse uma estratégia de manejo e apresentasse de forma clara e estruturada ao médico atendente (staff) do setor durante a ronda médica (rounds) todas as manhãs, do início ao fim da internação do paciente. Em cada setor, recebi feedback e ensinamentos em como aprimorar a avaliação do paciente, como interpretar exames e como manejar. Tive, em algumas instâncias, que contatar familiares e conversar sobre a situação do paciente e expectativas sobre a alta — relembrou Sarah.

Para Julia, a melhor experiência que teve foi acompanhar um transplante de pulmão, desde a captação até a cirurgia no paciente que recebeu o órgão.

— Nos deparamos com diversas áreas que nunca tivemos contato antes e que mostram como são vastas as opções e oportunidades que temos pela frente. Estar lá me ajudou a decidir meus próximos passos para a residência e também me abriu inúmeros caminhos para depois da formatura — afirmou.

Já Sophia destacou:

— O fato de conhecer uma cidade diferente, a variedade de especialidades que um hospital tão grande oferece foi marcante. Avalio como uma oportunidade rara para ter durante a formação, na qual pude desenvolver mais confiança atuando em um ambiente fora da minha zona de conforto — disse.

Além de parabenizar as estudantes por se desafiarem realizando um intercâmbio, a coordenadora geral de Relações Internacionais da Unoesc, professora Nicole Stivaletta, ressalta que o setor de Mobilidade Acadêmica está à disposição dos estudantes que têm interesse em vivenciar experiências como essas.

— A Unoesc mantém convênios com diversas universidades estrangeiras e oportunidades de intercâmbio presencial e on-line. Procurem nosso setor e se informem — ressaltou.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.