Página inicial O que acontece Visita de estudos à Biblioteca Universitária aprimora os conhecimentos dos estudantes de Pedagogia
Não categorizado Notícia Joaçaba

Visita de estudos à Biblioteca Universitária aprimora os conhecimentos dos estudantes de Pedagogia


A biblioteca é um local de busca de conhecimento que figura muito na rotina universitária. E foi para oportunizar uma experiência diferenciada que o professor do curso de Pedagogia, Doutor Anderson Luiz Tedesco, e a coordenadora do curso, professora Cristiane Fiorese, organizaram, no mês de agosto, uma visita ao espaço localizado no campus 1 da Unoesc Joaçaba. Participaram 30 estudantes da segunda fase, que estão cursando o Componente Curricular “Currículo e Identidades”.

Além de conhecer melhor os espaços e o acervo da Biblioteca como um todo, durante a visita, a partir da orientação de mapeamento de obras que pudessem contribuir na discussão em aulas, os estudantes foram estimulados a encontrar, no mínimo, duas literaturas específicas da área, realizar interpretações escritas dos conceitos e posteriormente socializar a experiência em sala de aula.

— Foi um momento enriquecedor, tanto de socialização quanto na questão do aprendizado. Estar em contato com o conhecimento dos livros além do que se tem no dia a dia por meio das tecnologias foi, sem dúvida, uma ótima experiência — afirmou a estudante Luana Cristina Wasen Silveira de Avila.

— A visita na Biblioteca da Universidade foi um abrir de portas para o aprendizado, tornando possível a busca pelo conhecimento e o saber em nossa vida acadêmica — ressaltou a acadêmica Bruna Vitória Parolin.

O coordenador da Rede de Bibliotecas da Unoesc, Tiago Diersmann, agradeceu a visita dos estudantes e destacou o quão rico é o acervo disponível para estudos.

— São mais de 240 mil títulos com teorias, ciências, estilos literários, histórias e todos os temas e gêneros. É muito importante que os estudantes se familiarizem com o acervo e saibam que estamos à disposição para auxiliá-los — destacou Tiago.

Para o professor Anderson Luiz Tedesco, o momento foi importante para, frente ao aumento vertiginoso das leituras em tela, resgatar o que é estar no espaço da biblioteca.

— Se sentir pertencente ao lugar, acolhido(a) pelos profissionais, abrir os livros impressos, ler no silêncio e aprender a realizar discussões qualificadas nas salas de estudo coletivo. Precisamos recuperar ou criar o hábito da leitura, ainda mais de quem se compromete eticamente em ensinar — comentou o professor Anderson Luiz Tedesco.

Receba as novidades da Unoesc

Usaremos seus dados para entrar em contato com você sobre informações correlacionadas que podem ser de seu interesse. Você pode cancelar o envio da divulgação, a qualquer momento. Para mais detalhes, leia nossa política de privacidade.